Exposição de Marcel Gautherot, fotógrafo francês, no Paço Imperial

O trabalho de Marcel Gautherot, fotógrafo francês que passou a maior parte de sua vida no Brasil, é um marco na historia da fotografia contemporânea brasileira.
O Centro Cultural do Paço Imperial homenageia Marcel Gautherot, com uma exposição de suas obras, de 13 de junho a 20 de agosto de 2017.

O Embaixador da França no Brasil, Laurent Bili, foi convidado no dia 13 de junho para fazer uma visita na pré-estreia desta maravilhosa exposição. O Paço Imperial está aberto ao publico de terça a domingo, das 12h às 19h.

Marcel André Félix Gautherot nasceu em Paris, dia 14 de julho de 1910. Ele sempre foi fascinado por viajar, e assim foi enviado ao México para fotografar os monumentos da cultura pré-colombiana. Depois disso, veio ao Brasil inspirado pelo romance Jubiabá (Bahia de todos os Santos), de Jorge Amado.

JPEG

O trabalho fotográfico de Marcel Gautherot no Brasil se caracteriza por uma cobertura territorial e regional quase exaustiva, com uma diversidade temática imensa e uma qualidade estética extraordinária, provavelmente devido à sua formação inicial de arquiteto, principalmente de interiores, quando vivia na França.

Os dois pilares do seu trabalho, que são a fotografia de arquitetura e a fotografia etnográfica, marcaram as cinco décadas de sua carreira no Brasil e fizeram dele um dos fotógrafos mais importantes do país na época do pós-guerra.

São de Marcel Gautherot as fotografias em preto e branco da construção de Brasilia, a cidade l concebida por Oscar Niemeyer para substituir o Rio de Janeiro e se tornar a capital do Brasil nos anos 50. No Paço Imperial serão igualmente exibidas fotos da Amazônia e da Bahia.

PNG
JPEG

O trabalho de Marcel Gautherot representa um registro da historia da cultura brasileira e é um testemunho importante dos laços que unem o Brasil e a França, além de ser um registro importante que nos permite compreender a importância da fotografia como linguagem nômade e definitivamente internacional, que enriquece os conceitos de modernidade e contemporaneidade.

JPEG
JPEG
JPEG

publié le 14/06/2017

haut de la page