Jornadas Geek na BiblioMaison

O aprendizado da língua francesa no “Novembre Numérique” (Novembro Digital)

Entre as atrações do programa “Novembre Numérique”, realizado pelo Instituto Francês do Brasil na midiateca da Casa Europa (BiblioMaison), destacaram-se as Jornadas Geek, reunindo alunos do 3° ano do ensino médio da Escola Bilíngue franco-brasileira de Niterói (CIEP449), estudantes do CEFET – Rio (Centro Federal de Educação Tecnológica), do IFRJ (Instituto Federal do Rio de Janeiro) e da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

As Jornadas Geek foram organizadas com a participação dos setores de linguística, audiovisual e literatura do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro e aconteceram nos dias 6, 7, 8, 9, 13 e 21 de novembro na BiblioMaison.

Os estudantes dos cursos de francês, acompanhados dos professores franceses que foram enviados ao Brasil para fazer parte do programa de “Assistentes de língua francesa”, participaram de várias atividades voltadas para a valorização da cultura digital francófonas.

Nas Jornadas Geek, os alunos entraram em contato com novos formatos de leitura digital com textos em francês, através dos aplicativos já conhecidos e utilizados no dia a dia (Instagram, Whatsapp, videogames...), o que facilita muito o aprendizado do idioma.

JPEG JPEG

atividades

A visita começou pela exposição virtual "Maquinas de Leitura", que está em turnê internacional junto com o evento "Novembre Numérique". Através de tablets distribuídos aos estudantes, todos tiveram a oportunidades de explorar onze aplicativos dedicados ao estudo de obras literárias francesas atuais.

A instalação das “Máquinas de Leitura” oferece ao público a possibilidade de ter novas experiências de leituras através do Instagram, indo do romance ao conto gráfico, passando por historias em quadrinhos digitais e interativas, também chamadas de “Bande défilée”.

Os estudantes trabalharam em duplas, escolhendo os livros a serem analisados do ponto de vista da criação, do tema, das técnicas narrativas... Em seguida, através do site https://www.nuagesdemots.fr/, cada grupo criou uma nuvem de palavras em francês para ilustrar da melhor maneira a obra na qual trabalharam. Os participantes escolhem as cores, a tipografia, a forma da nuvem e a lista de palavras. Em seguida os resultados são apresentados aos outros alunos, e as explicações foram dadas em francês.

No fim dos seis dias de Jornadas Geek, as nuvens de palavras foram impressas e expostas na biblioteca, formando uma instalação artística efêmera para a apreciação dos visitantes. A exposição virtual permanecerá acessível durante várias semanas.

JPEG

Objetivos

O objetivo das Jornadas Geek é de estabelecer um contato entre os estudantes brasileiros e a língua francesa, além de incentivá-los a aprender o francês através de ferramentas digitais às quais eles são expostos diariamente. Eles também tiveram a oportunidade de conhecer a BiblioMaison, onde podem ter acesso a mais de 20 000 conteúdos em francês, graças à biblioteca digital "Culturethèque". Essas Jornadas reafirmam a intenção do Instituto Francês no Brasil de promover o exercício da criatividade através de veículos digitais.

Testemunhos dos alunos das escolas e universidades que participaram

A experiência foi avaliada pelos alunos, pelos professores franceses que os acompanharam e pela direção dos estabelecimentos acadêmicos envolvidos no evento como sendo muito proveitosa.

A direção da Escola Bilíngue franco-brasileira de Niterói (CIEP449) se comprometeu a desenvolver a utilização de um dispositivo semelhante ao que foi apresentado nas Jornadas Geek, "para acompanhar e oferecer aos alunos ferramentas digitais lúdicas e inovadoras, para incentivar o aprendizado do francês".

O professor de francês da UFRRJ, Brieuc Jicquel, compartilhou a experiência vivida de seus alunos, destacando como é importante que eles tenham acesso a um espaço como BiblioMaison. "Eles passeavam pelas prateleiras e iam abrindo os livros... Todo mundo vai comentar na Universidade Federal Rural, como esse lugar é fantástico, e os que vieram com certeza vão voltar. Seja para o Novembre Numérique ou em outra atividade cultural, ou simplesmente para ler, estudar, ou pegar um livro emprestado".

A diretoria do CEFET, satisfeita com a experiência das Jornadas Geek, pretende integrar esse tipo de sistema para reforçar o aprendizado do francês na universidade. "A experiência nos permitiu vislumbrar novas perspectivas para o desenvolvimento do ensino do francês, principalmente na preparação dos projetos de mobilidade dos alunos que pretendem estudar na França".

JPEG

publié le 07/12/2018

haut de la page