Meus estudos na França - fevereiro 2017

Uma vez por mês, apresentamos brasileiros que estudaram na França. Dessa vez elas vieram do Rio de Janeiro. E com algumas perguntas, sempre as mesmas, nos permitem saber mais das suas experiências de ir estudar em universidades francesas. Neste mês, nosso retrato é do escritor brasileiro Jacques Fux que realizou um doutorado em literatura francesa na Sorbonne (Paris) e na Universidade Charles de Gaulle (Lille).

Jacques Fux: "A França me fez querer conhecer mais o mundo e saborear o conhecimento."

JPEG

Jacques tem 39 anos. Estudou na Sorbonne em Paris e na Universidade Charles de Gaulle em Lille, fazendo um doutorado em literatura francesa.

Cidade de origem: Belo Horizonte (MG)
Cidades de estudos na França: Paris e Lille

Por que você escolheu estudar na França?
Fiz um doutorado em literatura francesa.

Qual foi sua primeira impressão ao chegar à França?
Maravilhosa! Encantadora! Um lugar maravilhoso para estudar e passear.

Qual a sua maior lembrança da França?
Como morei quase dois anos na Cité Universitaire, tenho um carinho especial por lá. Sou escritor, e sempre faço questão de falar/mencionar meus momentos (ou criar momentos dos meus personagens) na Cité.

Hoje, qual o seu vínculo com a França?
A literatura! Sou especialista nas obras do escritor Georges Perec e trabalho na Academia, e na ficção, com a questão da memória francesa no pós-guerra.

Qual a sua atividade profissional?
Escritor.

No quê sua estadia na França mudou sua vida?
A França me abriu os olhos para a diversidade cultural. Me fez querer conhecer mais o mundo e saborear o conhecimento. Me fez desfrutar e me encantar cada vez mais com a história, com a literatura e a com a beleza das artes!

Três palavras para resumir sua experiência lá?
Encanto, encantamento, ficção.

Três palavras para resumir o país?
História, memória, literatura.

publié le 28/03/2017

haut de la page