Michel Miraillet e Raquel Dodge abrem conferência internacional no Rio

Embaixador da França e Procuradora-Geral da República participam de evento que discute a proteção do mar e o combate à poluição marinha

O Embaixador da França no Brasil Michel Miraillet e a Procuradora-Geral da República Raquel Dodge participaram na 3a feira, 24 de abril, da mesa de abertura da Conferência Internacional Proteção do Mar e Combate à Poluição Marinha, no auditório do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Organizado conjuntamente pela Embaixada da França e pelo Ministério Público Federal (MPF), o evento reúne entre os dias 24 e 26 especialistas franceses e brasileiros para debater maneiras de prevenir e reprimir a poluição do bioma marinho.

Além de Miraillet e Dodge, a mesa de abertura contou também com a presença de Nívio de Freitas Silva Filho, Subprocurador da República; Jair Tannús, secretário representante do Ministério do Meio Ambiente; Jean-Philippe Rivaud, Magistrado da Ligação da Embaixada da França no Brasil; Wagner Fernandes, representante da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro; e Ricardo Piquet, Diretor-Presidente do Museu do Amanhã.

Os participantes alertaram para os danos causados pela poluição. Segundo Nívio de Freitas, "os oceanos não podem ser tratados de maneira isolada, pois a poluição não fica restrita às fronteiras de um só país". Michel Miraillet concordou e acrescentou que "esse é um assunto importante para a França, que detém o 2o maior domínio marítimo do mundo, atrás apenas dos EUA".

Raquel Dodge foi a última a falar. A Procuradora-Geral agradeceu à Embaixada da França por mais um evento realizado em parceria com o MPF. E enfatizou que a tarefa de lutar contra a poluição não é fácil. Para ela, "a imensidão do mar nos mostra nossa pequenez e nos lembra do tamanho do nosso desafio".

JPEG

publié le 14/05/2018

haut de la page