Presença francesa nas conferencias Rio.Futuro

O Cônsul Geral da França no Rio de Janeiro, Brice Roquefeuil, participou da primeira edição das conferencias Rio.Futuro e aproveitou a oportunidade para trocar ideias com representantes de grandes empresas francesas que estiveram presentes neste novo encontro internacional da inovação no Rio de Janeiro.

JPEG
Os três sócios da empresa MOX Digital que criou o ciclo de conferencias Rio.Futuro: Xavier Leclerc, Maria Pidner Boucinhas e Olivier Mourier.

Varias empresas francesas participaram, nos dias 25 e 26 de maio, da primeira edição de conferencias sobre a inovação Rio.Futuro. Além do grupo PSA, que também é um dos patrocinadores do evento, estavam presentes o líder mundial de marketing digital "Criteo", o líder mundial do sistema de compartilhamento automóvel Blablacar, bem como outras empresas francesas (Le Wagon, Oxymore.inc...).

Caroline Mayer, Vice-Presidente Regional de Novos Negocios da Criteo, baseada em São Paulo, falou sobre a presença da empresa no Brasil, que é um mercado-chave para o seu desenvolvimento: "Estamos muito satisfeitos porque conseguimos conquistar a confiança do mercado brasileiro, alcançando uma taxa de retenção de mais de 90% e atuamos como verdadeiros parceiros junto aos nossos clientes, em vez de sermos meros fornecedores de tecnologia". Temos 90 pessoas trabalhando para o nosso grupo no Brasil, dos quais mais de 90% são brasileiros. A empresa está “muito bem instalada com relação à sua meta de negócios”, principalmente no que se refere aos sites de e-commerce brasileiros, "e é por isso que o Brasil é um dos primeiros países escolhidos para o lançamento de inovações, no mercado brasileiro temos clientes para quem nossas inovações fazem sentido".

Mathieu Le Roux (Le Wagon Brasil), trouxe para o Brasil desde o ano passado um conceito que surgiu na França em 2013, o da empresa Le Wagon. Trata-se de um programa intensivo de 9 semanas para a preparação de programadores completos, tanto em gerenciamento de bases de dados quanto nas interfaces para usuários. A Wagon Brasil começou em São Paulo, depois veio para o Rio e dentro em breve novos programas serão iniciados em Belo Horizonte, em Florianópolis e em outros países da América Latina, como Buenos Aires, México e Santiago. "Como a imprensa na época de Gutemberg, que democratizou a escrita e tornou a alfabetização acessível para a população, acredito que a internet tenha criado uma necessidade de domínio dos códigos informáticos, que são o novo alfabeto".

Jean-Christophe Bonis (Oxymore.inc) é futurista. "Eu acompanho o mercado brasileiro de perto, existe interesse e a necessidade das empresas brasileiras é grande, é um país de muitas oportunidades para uma empresa como a minha". Criada em 2009, a Oxymore.inc atua no mundo todo em diferentes setores da economia, levando seus conhecimentos e orientando empresas (principalmente grandes grupos) com suas estratégias.

publié le 12/06/2017

haut de la page