Raymond Depardon: retrospectiva e debate com o fotógrafo francês

Até 5 de fevereiro, o público carioca pode conferir a obra do fotógrafo e cineasta francês, no CCBB. O artista participará de debate no Consulado da França, 18/01, 18h30.

JPEG

Aos 75 anos, o consagrado artista francês Raymond Depardon é um homem de muitas facetas. E duas delas – a de fotógrafo e a de cineasta – podem ser conhecidas pelo público no Centro Cultural do Banco do Brasil, que recebe uma retrospectiva de suas obras.

A exposição "Un moment si doux", em cartaz até 5 de fevereiro de 2018 no CCBB-RJ, conta com 165 fotos em cores e a mostra Depardon Cinema com 28 filmes, principalmente documentários, que serão exibidos até 28 de janeiro de 2018 no Rio de Janeiro e em São Paulo.

O próprio Depardon estará no Brasil, entre 16 e 22 de janeiro, participando de debates e encontros com o público brasileiro.

JPEG

Com formatos e dimensões variadas, as fotografias foram tiradas em países da Europa, África e América Latina, incluindo Brasil. Autorretrato, paisagens, personagens e situações corriqueiras do dia a dia são algumas cenas retratadas.

Já os filmes selecionados foram produzidos entre 1969 e 2017, destacando-se temas como o universo psiquiátrico (São Clemente, de 1980, Emergências, de 1989, e 12 Dias, o último filme dele que esteva na seleção oficial do Festival de Cannes 2017), o mundo camponês (três longas na série Perfis Camponeses entre 2000 e 2008), o Chade (La captive du désert, de 1989) o sistema judiciário (Presos em flagrante, de 1994), o mundo politico (Um presidente em campanha, de 2002), a vida quotidiana francesa (Jornal da França, de 2012, e Os habitantes, de 2016), sempre com um olhar humanista.

O trabalho de Depardon foi consagrado com inúmeros prêmios no mundo inteiro: Gran Prêmio Nacional da Fotografia, César do Melhor Documentário, Prêmio Louis Delluc, entre outros.

Ao fim da programação no Rio de Janeiro, a exposição segue para São Paulo. A programação completa está disponivel aqui.

Apoio: Embaixada da França no Brasil.

publié le 24/01/2018

haut de la page